Daoud al Zubaidi, de 43 anos, foi atingido por um tiro no abdome na sexta-feira durante uma operação israelense contra "suspeitos terroristas", segundo o exército, neste campo do norte da Cisjordânia.

A área de Jenin é cenário há várias semanas de confrontos entre palestinos e forças israelenses.

Um porta-voz do hospital de Haifa, para onde Zubaidi foi levado, declarou neste domingo que ele "faleceu em consequência dos ferimentos".

Zubaidi era irmão de Zakaria al Zubaidi, que dirigiu o braço armado do movimento Fatah, do presidente palestino Mahmud Abbas, e conseguiu escapar durante alguns dias de uma prisão israelense no ano passado.

Ao menos outros 12 palestinos ficaram feridos nas operações israelenses de sexta-feira. Um integrante das forças especiais israelenses morreu durante os confrontos em Burqin, perto de Jenin, e foi enterrado neste domingo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.