Mohamed bin Zayed, conhecido pelas iniciais "MBZ", foi eleito pelo Conselho Supremo da Federação dos Emirados, informou a agência oficial de notícias WAM.

O príncipe herdeiro agradeceu aos xeques do Conselho - integrado por dirigentes dos sete emirados do país - por "sua confiança".

"MBZ" é o terceiro filho de Zayed bin Sultan Al-Nahyan, primeiro presidente e pai fundador da Federação dos Emirados.

Na prática, ele já estava no comando do país desde que o irmão sofreu um derrame cerebral em janeiro de 2014, mas sua eleição oficializa a posição de "MBZ" no rico Estado petroleiro de 10 milhões de habitantes.

Sob o comando de Mohamed bin Zayed, Emirados Árabes Unidos enviaram um homem ao espaço e uma sonda à Marte. O país também inaugurou o primeiro reator nuclear.

A política internacional do país também avançou: aliado da Arábia Saudita e dos Estados Unidos, os Emirados de "MBZ" foram o primeiro país do Golfo a normalizar as relações com Israel em 2020.

"MBZ" também contribuiu para o envio de tropas ao Iêmen em 2015, como parte de uma coalizão liderada pela Arábia Saudita contra os rebeldes huthis.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.