Os ganhos da gigante tecnológica americana alcançaram 13,9 bilhões de dólares, cifra 30% superior à do mesmo trimestre do ano passado, segundo seu boletim de resultados.

A renda trimestral aumentou 12%, a US$ 37,2 bilhões.

"A demanda de nossos serviços na nuvem deram um forte início ao nosso ano fiscal", disse Amy Hood, diretora de finanças da Microsoft.

Estes serviços aportaram à companhia 15,2 bilhões de dólares, 31% a mais do que no mesmo período de 2019, disse Hood.

A demanda de programas, serviços e armazenamento de dados na web têm crescido de forma sustentável há anos e disparou durante a pandemia, devido ao aumento das atividades à distância, como compras, educação e trabalho.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.