Depois das primeiras semanas de aclimatação ao novo clube, alguns minutos no único jogo até agora pelo PSG (contra o Reims, substituindo Neymar) e depois dos compromissos nas Eliminatórias da Copa do Mundo com a Argentina, nos quais bateu o recorde de gols de Pelé por uma seleção sul-americana, tudo indica que Messi estará ao lado dos novos companheiros de ataque.

"Talvez", respondeu o técnico da equipe francesa, Mauricio Pochettino, ao ser questionado sobre a escalação dos três na estreia da equipe na Liga dos Campeões, contra o Club Brugge, no primeiro passo ao tão sonhado título do torneio continental.

"Somos um clube que contratou muitos jogadores neste início de temporada, mas ainda não somos uma equipe. Ainda não nos tornamos uma equipe como o Chelsea no ano passado, que é o favorito ao título como atual campeão e por conta dos reforços que adquiriu", alertou o treinador dos parisienses.

Apesar de negar, Pochettino comanda um time que é considerado por muitos como o grande ao candidato à conquista da principal competição de clubes da Europa, o que faz o PSG o adversário a ser batido nesta temporada.

E o primeiro a testar a equipe da capital da França na Liga dos Campeões é o time belga, uma tradicional equipe europeia, mas sem o poder dos gigantes do continente.

- Grande favorito -

Gerenciar essa pressão adicional será o grande desafio para Pochettino, que não tem mais margem de erro depois de perder o Campeonato Francês na temporada passada para o Lille e cair nas semifinais da Liga dos Campeões diante do vice-campeão Manchester City, que ao lado do alemão RB Leipzig completa o Grupo A com os franceses e belgas.

Sem contar com Messi e Neymar, coube a Mbappé a comandar sua equipe na campanha invicta no Campeonato Francês, no qual é líder com 15 pontos em cinco jogos, além de ser o artilheiro da competição com 4 gols.

Com exceção do zagueiro Sergio Ramos, que não ainda não se recuperou dos problemas físicos que o atormenta desde a última temporada no Real Madrid, Pochettino pode escalar a equipe titular com o lateral-direito marroquino Achraf Hakimi e a dupla de zaga Marquinhos e Kimpembe.

As principais dúvidas estão no meio, onde treinador argentino tem muitas opções (Wijnaldum, Paredes, Gueye, Pereira, Herrera, Draxler ...), mas que não poderá contar com os lesionados Verratti e Di María.

Para o gol, é provável que deixe no banco o costarriquenho Keylor Navas e opte pelo italiano Gianluigi Donnarumma, outra das grandes contratações desta temporada e que atuou no último fim de semana contra o Clermont, pelo Francês.

Pochettino garantiu que a qualidade do elenco do PSG, construído para enfim conquistar a tão sonhada Liga dos Campeões, não gera pressão adicional, "mas não podemos negar que é a competição que deixa o clube mais empolgado".

- "No campo não há medalhões" -

A pressão no PSG "é normal", lembrou o capitão Marquinhos, que também alertou que "não há medalhões em campo, se você não se sacrificar e fizer como deve, não ganha".

Já o time da cidade de Bruges buscará surpreender e para isso conta com o jovem atacante holandês Noa Lang, de 22 anos, sua referência ofensiva, com 21 gols em 45 jogos com a camisa do atual campeão belga.

Também merecem destaque os veteranos Hans Vanaken e o goleiro Simon Mignolet, ex-Liverpool, e o meia Charles de Ketelaere, que aos 20 anos é um dos destaques do futebol belga.

O único desfalque é colombiano Éder Balanta, responsável pelo setor defensivo, mas que não estará em campo devido a uma lesão.

Mignolet garantiu em entrevista coletiva na véspera do confronto que a equipe tem "um plano" para marcar Messi e um PSG que, segundo o treinador Philippe Clément, é uma equipe melhor que o Real Madrid "que conquistou três campeonatos consecutivos (2016-2018).

- Possíveis escalações:

Clubb Brugge: Mignolet - Clinton Mata, Hendry, Nsoki, Sobol - Mbamba, Vormer, Vanaken - Noa Lang, De Ketelaere, Sowah. DT: Philippe Clement

PSG: Navas - Hakimi, Marquinhos, Kimpembe, Diallo - Paredes, Wijnaldum, Herrera - Mbappé, Messi, Neymar. DT: Mauricio Pochettino (ARG)

Árbitro: Sandro Schärer (SUI)

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.