"Em relação à meta de um aumento inferior a 2ºC, ou o mais próximo possível de 1,5ºC, os avanços são insuficientes", declarou Merkel, em entrevista coletiva em Berlim.

"Isso se aplica não apenas à Alemanha, mas a muitos países. Por isso, é preciso acelerar o ritmo", insistiu.

No domingo (18), durante visita à localidade de Schuld, na Renânia-Palatinado (oeste), Merkel já havia feito esta mesma convocação, pedindo para "sermos mais rápidos na luta contra a mudança climática".

Schuld foi devastada pelas dramáticas enchentes que assolaram o oeste da Alemanha e parte da Europa na semana passada.

Nesta quinta, as autoridades desta região divulgaram um novo balanço de vítimas fatais, agora em 128.

Ao todo, 177 pessoas morream na Alemanha, e 209 em toda Europa, com 32 óbitos na Bélgica.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.