"Esta decisão entrará em vigor a partir de 26 de novembro de 2021, às 23h59 e até segunda ordem", declarou um comunicado oficial divulgado pela agência de notícias MAP.

O anúncio é feito "para preservar as conquistas de Marrocos na gestão da pandemia de covid-19 e para enfrentar a deterioração da situação sanitária em alguns países da região europeia", sublinhou o Comité interministerial de acompanhamento da covid.

Diante da quinta onda da pandemia do coronavírus, o governo francês anunciou nesta quinta-feira um reforço das medidas sanitárias, sem propor um novo confinamento ou toque de recolher.

A França é de longe o principal parceiro econômico do Marrocos.

Os laços culturais e humanos entre os dois países são muito próximos, já que mais de 1,3 milhão de marroquinos vivem na França e cerca de 80.000 franceses residem no Marrocos.

Cerca de duas semanas atrás, Marrocos endureceu os controles em suas fronteiras devido ao aumento dos casos de covid-19 na Europa.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.