Os manifestantes atacavam com pedras e fogos de artifício de diferentes pontos para a sede do Parlamento, que era defendida pela força pública disparando bombas de gás lacrimogêneo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.