Em entrevista coletiva depois de uma reunião com Erdogan em Ancara, o presidente do Conselho, Charles Michel, afirmou que manifestou "as profundas preocupações" da UE com as violações dos direitos, enquanto a presidente a Comissão, Ursula von der Leyen, afirmou que a "Turquia deve respeitar os direitos humanos".

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.