As autoridades "abriram um novo processo judicial em 25 de março, acusando-a de ter violado a lei sobre segredos de Estado", disse o advogado Khin Maung Zaw à AFP.

Aung San Suu Kyi já havia sido acusada de corrupção e "incitação à desordem pública".

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.