"Kranjcar, o lendário jogador e treinador croata faleceu em Zagreb", disse a federação em um comunicado, sem dar mais detalhes.

Natural de Zagreb, Kranjcar foi hospitalizado há um mês devido a problemas de fígado, segundo a agência de notícias croata HINA.

Atacante brilhante, Kranjcar jogou no Dínamo Zagreb entre 1973 e 1983, antes de se transferir para o Rapid Vienna em 1984, onde conquistou o campeonato austríaco em duas ocasiões.

Depois de se aposentar, Kranjcar voltou ao Dínamo, time em que conquistou como técnico a dobradinha Copa-Liga em 1996 e 1998.

Em seguida, foi treinador da Croácia entre 2004 e 2006, mas deixou o cargo após a eliminação na fase de grupos da Copa do Mundo de 2006 na Alemanha.

Kranjcar passou então 18 meses à frente do Montenegro. Ele também trabalhou nos clubes iranianos Persepolis Tehran e Sepahan Ispahan, e no catari Al Ahli, entre outros.

Seu filho Niko, de 36 anos, também foi jogador da seleção croata e foi comandado pelo pai no Mundial de 2006.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.