"O movimento da Jihad Islâmica na Palestina e sua ala militar da Brigada Al Quds lamentam a morte do grande comandante jihadista Tayseer al Jabari 'Abu Mahmud', morto em um assassinato sionista na cidade de Gaza", disse o comunicado.

Além dele, quatro pessoas também morreram no ataque.

"O número de mártires subiu para quatro, incluindo uma menina de cinco anos", disse o Ministério da Saúde.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.