Os centros públicos e privados de vacinação abrirão todos os dias de abril, inclusive nos feriados, como parte de uma "etapa importante para estender exponencialmente a campanha de vacinação", declarou o Ministério da Saúde.

A medida deve-se a um aumento de casos desde fevereiro, quando o número de infecções diárias estava abaixo dos 9.000. Nesta quinta-feira, no entanto, alcançou um pico desde outubro, com mais de 72.000 casos registrados.

A Índia administrou mais de 65 milhões de vacinas aos idosos e outros grupos vulneráveis, mas a um ritmo muito lento para alcançar a meta estabelecida pelo governo: vacinar 300 milhões de habitantes até julho.

O estado mais afetado pelo coronavírus é Maharashtra, onde está Mumbai (oeste), capital financeira do país.

No hospital de campanha do complexo Bandra Kurla desta cidade, há 940 pessoas internadas com covid-19, enquanto há três semanas havia 180, segundo declarou à AFP seu diretor, Rajesh Dere.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.