As vítimas morreram a caminho do hospital. Tratam-se de cinco membros de uma família de 11 (um casal e seus nove filhos).

O fogo começou por volta das 6h, no sétimo andar de um prédio localizado no bairro da Recoleta, e se expandiu rapidamente para o oitavo, segundo o subcomandante dos bombeiros Pablo Giardina.

O promotor Sebastián Fedullo, encarregado da investigação, disse que, "preliminarmente, teria sido acidental e nenhum artefato teria explodido. Nós nos baseamos nas perícias dos bombeiros."

Ao lado do prédio de 14 andares onde ocorreu o incêndio, fica uma estação de gás natural comprimido (GNC), o que gerou grande preocupação até o fogo ser controlado, destacou o diretor do Same, Alberto Crescenti.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.