O holandês Verstappen, levado ao hospital após bater quando teve seu carro tocado pelo heptacampeão mundial, declarou que Hamilton foi "desrespeitoso e antidesportivo" no circuito de Silverstone.

"No que nos diz respeito, a manobra que ocorreu, a manobra que Lewis realizou, estava absolutamente de acordo com os regulamentos de ultrapassagem da FIA", declarou o diretor técnico da Mercedes, James Allison.

Por conta do incidente, o piloto inglês foi punido com a perda de 10 segundos, caindo para quinto lugar, mas se recuperou e venceu a corrida.

As regras de ultrapassagem da FIA estabelecem que "é necessário estar realmente por dentro e que o piloto seja capaz fazer a curva. Ao fazer a curva entende-se que o piloto pode tomar o ângulo necessário sem sair do traçado ou perder o controle do carro", destacou James Allison.

"Lewis estava claramente por dentro. Seu eixo dianteiro passou do meio do carro de Verstappen", acrescentou.

"Se você consegue fazer a curva e está claramente ao lado do outro carro, a curva é sua", explicou antes de criticar a punição aplicada no circuito inglês.

"Trata-se de saber quais são as regras a seguir ao ultrapassar, e não vi Lewis fazer nada de errado com essas regras", concluiu Allison.

Na manobra, Hamilton tentou ultrapassar Verstappen por dentro na curva Copse e atingiu o pneu traseiro direito do adversário holandês, que acabou perdendo o controle do carro e bateu com força na barreira de proteção.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.