"Por quase meio ano, a maioria das empresas funcionou a 75% ou 50% e, durante esse tempo, muitos texanos foram excluídos das oportunidades de emprego", disse Abbott.

"Muitos proprietários de pequenas empresas estão sofrendo para pagar suas contas", afirmou Abbott em um discurso na Câmara de Comércio de Lubbock.

"Isso deve acabar. Agora é hora de abrir o Texas 100%", afirmou em meio a aplausos do público.

"Todo negócio que deseja abrir, deve ser abrir".

Abbott disse que estava suspendendo as restrições por causa da chegada das vacinas contra a covid-19, além de melhores testes e tratamentos.

"O Texas agora tem as ferramentas para proteger os texanos do vírus", disse ele.

Abbott impôs a obrigatoriedade do uso de máscara no segundo estado mais populoso dos Estados Unidos há oito meses.

Ele disse que uma ordem executiva rescindindo medidas e restrições anteriores pela covid-19 entraria em vigor na quarta-feira.

Abbott suspendeu as restrições apesar do alerta, na segunda-feira, de Rochelle Walensky, diretora dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

"Estou realmente preocupada com os relatos de que mais estados estão revertendo as medidas estritas de saúde pública que recomendamos para proteger as pessoas da covid-19", disse Walensky.

"Continuo profundamente preocupada com uma possível mudança na trajetória da pandemia", disse ela.

"Agora não é hora de relaxar as salvaguardas que sabemos que podem impedir a disseminação da covid-19", disse a diretora do CDC.

"Continue usando sua máscara bem ajustada e tomando as outras ações de prevenção de saúde pública que sabemos que funcionam."

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.