O objetivo é poder prescindir da máscara em espaços abertos "onde não há muito risco" e inicialmente será aplicada por regiões, explicou Macron em coletiva de imprensa, assegurando que "a nível nacional teremos de esperar", "pelo menos até o final de junho".

Em relação à vacinação, o chefe de Estado celebrou que 50% dos adultos franceses já tenham recebido a primeira dose da vacina anticovid, mas pediu "extremo cuidado" diante da propagação do vírus em várias regiões.

Durante uma visita ao sudoeste da França, Macron explicou que a decisão de iniciar a imunização para adolescentes foi tomada durante uma reunião do conselho de defesa pela manhã.

A Alta Autoridade de Saúde deve comunicar na quinta-feira um relatório sobre a inoculação de menores entre 12 e 15 anos, após a aprovação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) do uso do injetável Pfizer / BioNTech neste grupo populacional.

leb-jri/ial/fjb/tjc/mb/jc

PFIZER

BioNTech

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.