O caso confirmado é de um homem que reside na região parisiense e testou ao retornar de uma viagem à Nigéria informou a Agência Regional da Saúde (ARS).

Sua esposa, que o acompanhou na viagem, também testou positivo para covid-19 e as autoridades aguardam os resultados dos exames para saber se ela também foi infectada com a ômicron.

Todas as pessoas próximas ao casal foram isoladas.

O viajante testou positivo em um exame de controle ao desembarcar do avião em 25 de novembro.

Diante da ameaça da variante ômicron, a França anunciou na quarta-feira regras mais severas de acesso a seu território, que incluem um teste negativo para todos os viajantes, inclusive os vacinados, procedentes de um país que não seja da União Europeia.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.