Bares, restaurantes e estabelecimentos comerciais não essenciais vão fechar, mas diferentemente do confinamento de dois meses, imposto entre março e maio, as escolas vão permanecer abertas, disse Macron em um discurso transmitido pela televisão.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.