"A JBS USA determinou ter sido o alvo de um ataque organizado à segurança cibernética, que afetou alguns dos servidores que suportam seus sistemas de TI na América do Norte e Austrália", revelou a empresa em um comunicado, acrescentando que a intrusão foi detectada no domingo.

A gigante brasileira informou ter suspendido todos os sistemas afetados, notificado as autoridades e recorrido a seus profissionais de informática e especialistas externos para lidar com o ataque.

A empresa também afirmou que seus servidores de backup não foram afetados.

"A empresa não tem conhecimento no momento que dados de clientes, fornecedores ou funcionários foram comprometidos ou usados de forma indevida em decorrência dessa situação", afirmou a JBS USA

"A resolução do incidente levará tempo, o que pode atrasar certas transações com clientes e fornecedores", acrescentou.

A JBS é uma grande fornecedora de carnes com operações nos Estados Unidos, Austrália, Canadá, Europa, México, Nova Zelândia e Grã-Bretanha.

No início deste mês, hackers atacaram a Colonial Pipeline, que transporta quase metade da gasolina e outros combustíveis consumidos na costa leste dos Estados Unidos, causando escassez e pânico até que a empresa pagou aos criminosos 4,4 milhões de dólares para que seus sistemas eletrônicos fossem libertados.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.