"Estamos investigando este incidente como um crime de ódio e um caso de extremismo violento com motivação racial", disse à imprensa Stephen Belongia, agente especial do escritório do FBI em Buffalo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.