Víctor Díaz Rúa, ministro entre 2007 e 2012, no governo do presidente Leonel Fernández, foi condenado por um tribunal de três juízas, que o considerou culpado de lavagem de ativos provenientes de enriquecimento ilícito.

Também foi condenado a oito anos um empresário acusado de distribuir as propinas entre legisladores e funcionários.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.