O país registrou mais de 2.500 mortes ligadas à covid-19, de acordo com um comunicado publicado todos os dias pela universidade.

Os Estados Unidos enfrentaram um surto assustador da pandemia há várias semanas.

A barreira das 200 mil novas infecções em 24 horas já havia sido ultrapassada três vezes no último mês, com pico de mais de 210 mil entre quarta e quinta-feira.

Autoridades de saúde já esperavam por esse aumento depois que milhões de americanos viajaram no Dia de Ação de Graças na semana passada, apesar dos pedidos para que permanecessem em casa.

Há duas semanas, os Estados Unidos superaram regularmente a barreira das 2.000 mortes por dia, como fizeram na primavera, no auge da primeira onda da epidemia.

O número de pessoas hospitalizadas por covid-19 também está aumentando, especialmente nos quatro estados mais populosos (Califórnia, Flórida, Nova York e Texas), observou o Covid Tracking Project.

Com um total de mais de 14,3 milhões de casos e 278.000 mortes, os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia no mundo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.