"Os Estados Unidos se concentram em encontrar uma solução multilateral para vários assuntos importantes relacionados [ao sistema de] impostos internacionais, incluindo nossas preocupações com os impostos por serviços digitais", afirmou a representante de Comércio Katherine Tai em nota.

Washington decidiu suspender as tarifas "por até 180 dias para dar mais tempo" aos países "para terminarem as negociações multilaterais em andamento sobre tributação internacional na OCDE e no processo do G20", acrescenta o comunicado que abrange também Áustria, Índia e Turquia.

A suspensão ocorre após mais de um ano de investigações sobre impostos que Washington considera discriminatórios para grandes empresas de tecnologia americanas como Apple, Amazon, Google, Facebook e Netflix.

A USTR deixou claro que mantém a opção de impor tarifas punitivas sobre bens produzidos em países que adotam esse tipo de imposto.

O governo de Donald Trump já havia suspendido a aplicação dessas tarifas, que inicialmente entrariam em vigor em 6 de janeiro.

O governo do presidente Joe Biden está promovendo a ideia de uma taxa mínima global de 15% para a renda empresarial, que busca limitar a concorrência entre países para captar sedes de empresas com base na baixa carga tributária.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.