O secretário de Estado, Antony Blinken, disse que os Estados Unidos continuam se opondo ao desejo do TPI de investigar a atuação de soldados americanos no Afeganistão e Israel, mas disse que "estes casos seriam melhor abordados mediante a participação de todas as partes interessadas no processo do TPI ao invés de através da imposição de sanções".

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.