"Esperamos que o processo de devolução demore 20 dias, mas pode ser um período mais longo ou mais curto", disse o funcionário afegão que pediu anonimato.

"O ministério da Defesa criou um comitê especial para supervisionar e comandar a transferência da base", completou.

"Posso confirmar que devolveremos a base aérea de Bagram, mas não tenho detalhes nem um calendário para para anunciar sobre o tema", declarou à AFP um porta-voz das forças americanas, que pediu para não ser identificado.

Vinte anos depois do início da intervenção no Afeganistão, em outubro de 2021, as tropas dos Estados Unidos estão em processo de retirada de seus últimos 2.500 soldados.

O presidente Joe Biden estabeleceu como data limite 11 de setembro de 2021 para a conclusão de retirada, mas operações estão aceleradas e podem terminar antes.

A base militar de Bagram, situada 50 km ao nordeste de Cabul, na província de Parwan, é a principal base operacional americano no Afeganistão.

O local foi construído pelos soviéticos quando ocuparam o país (1979-1989) e chegou a abrigar até 30.000 soldados e civis americanos e força da Otan no auge das operações, em 2011.

Bagram também foi utilizada como centro de detenção, com denúncias da imprensa e da Anistia Internacional, que citou "centros de tortura" no local.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.