Esses fechamentos serão apenas um primeiro passo, já que a principal empresa de entretenimento do mundo explicou em comunicado que pretende "reduzir significativamente sua presença física" comercial para desenvolver sua estratégia eletrônica.

"O comportamento do consumidor mudou para as compras online, a pandemia global mudou o que os consumidores esperam de um varejista", disse Stephanie Young, presidente de produtos de consumo, jogos e publicação, citada no comunicado.

No próximo ano, a Disney pretende desenvolver sua plataforma de vendas "shopDisney" e expandir sua integração com aplicativos móveis dedicados a seus parques temáticos e com as redes sociais.

A empresa não especificou a localização das lojas que fechará ou o número de empregos que serão perdidos com a decisão. Existem aproximadamente 300 lojas Disney no mundo.

ban/rle/yo/am

THE WALT DISNEY COMPANY

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.