Cristiano Ronaldo deu uma entrevista à 'ESPN Brasil' onde foi questionado sobre a hipótese de vir a jogar no Brasileirão. O internacional português afirmou que não está a pensar nessa possibilidade mas recordou que tudo pode acontecer no mundo do futebol.

"Jogar, ninguém sabe. Ninguém dizia que eu ia voltar ao Manchester (United) com 36 anos, e aqui estou. Jogar no Brasil? Não sei. Está longe dos meus pensamentos, mas no futebol tudo é possível, não sei", atirou.

O português recordou a sua longa ligação com o Brasil, quer profissional quer familiar.

"O Brasil é um país irmão. Pela relação que tenho com colegas meus, pela cultura, os brasileiros que vivem em Portugal. A minha irmã vive no Brasil, casada com um brasileiro. Faço os meus cursos de nutrição com brasileiros. É um país que tenho muita consideração, sei muito sobre o Brasil", recordou.

Na mesma entrevista à 'ESPN', o craque português de 36 anos falou da comparação com os outros Ronaldos que marcaram o futebol brasileiro: Ronaldo Fenómeno e Ronaldinho Gaúcho.

Os três Ronaldos deixaram o seu legado, a sua história. Posso dizer que ganhei mais títulos individuais do que eles, mas os dois ganharam Copas do Mundo. Simpatizo muito com eles. São dois jogadores que cresci a ver jogar. Dizer quem é o melhor, o segundo, não é o mais importante. Prefiro ficar que são ídolos e deixaram uma história bonita no futebol", respondeu.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.