O Comité Científico Técnico (CTS), organismo de assessoria ao Governo italiano durante a pandemia de covid-19, aprovou hoje um regulamento que prevê o adiamento dos jogos de futebol da Serie A se um clube tiver nove jogadores contagiados.

No texto do novo protocolo refere-se como limite 35% do plantel, o que na prática significa nove jogadores, já que cada clube conta com 25 jogadores.

A decisão do CTS avaliza o acordo alcançado quarta-feira na reunião entre o Governo central e as regiões italianas para criar regras "seguras e partilhadas" e "dar certeza à continuação da atividade desportiva".

Nessa reunião também estiveram as direções do Comité Olímpico Nacional Italiano (CONI) e da Liga italiana.

Os jogadores que testarem positivo devem permanecer em isolamento, vigiados e controlados nos termos da legislação.

Em contrapartida, os negativos com contacto de risco devem submeter-se a teste nos cinco dias imediatos e usar a máscara Ffp2, exceto quando pratiquem desporto.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.