O relatório deste ano analisou dados de 1.685 empresas em 44 países com uma capitalização de mercado combinada de mais de US$ 48 trilhões - organizações que têm o peso e a magnitude coletiva para estimular um impacto tangível de modo econômico, social e cultural. Pela primeira vez neste relatório, a Egon Zehnder expandiu seu escopo para abordar setores adicionais de diversidade, oferecendo estudos de caso com diretores, executivos e presidentes a fim de discutir a inclusão de etnia, orientação sexual e outras perspectivas na sala de reuniões.

Os resultados são claros - embora haja progressos na diversidade de gênero a nível mundial, a taxa de mudança é insignificante. Apesar da maior atenção à diversidade e inclusão que desencadeou discussões e movimentos, fazer progressos tangíveis ainda é um desafio.

Outra cobrança urgente, além da necessidade de elevar a taxa de expansão da diversidade, ocorreu - o mandato para repensar a cultura e a dinâmica dos conselhos. Para fomentar a participação ativa de novos membros, as empresas devem passar de apenas adicionar ou oferecer assentos para aumentar a ação e o resultado como uma unidade inclusiva.

Este é um momento no tempo. A atenção lenta, mas constante à diversidade de conselhos, combinada com poderosos movimentos de justiça social deste ano, significa que agora há vontade de agir. Hoje, há atenção, alinhamento e atuação, dando aos líderes tudo o que precisam para tomar decisões significativas e aperfeiçoar a diversidade de seus conselhos e de toda a organização. "As recentes notícias sobre a nova proposta da Nasdaq para requisitos de conselhos é um sinal tangível do aumento da discussão", disse Pamela Warren, Co-Líder do Conselho Mundial de Diversidade, Equidade e Inclusão da Empresa. "Há uma maior consciência da necessidade de mudança e uma crescente frustração com a ausência de ação."

Jill Ader, Presidente da Egon Zehnder disse: "Hoje, vemos atenção e reconhecimento de que precisamos de conselhos mais diversos; contudo, a diversidade vai muito além do gênero. Agora é mais importante do que nunca seguir além das métricas tradicionais de diversidade e inclusão - e priorizar a construção de equipes representativas de todas as diferentes procedências. Os líderes de conselhos têm o poder de modernizar a governança com algumas etapas audazes. A mudança está ao nosso alcance."

Principais Conclusões

Enquanto o progresso avança rumo à diversidade de gênero, os próximos anos serão cruciais para destravar o poder do pensamento diverso:

-- Este ano, 89% das grandes empresas têm pelo menos uma mulher em seus conselhos, contra 85% em 2018. E 18 países, contra 13 em 2018, têm em média três ou mais mulheres nos conselhos de suas maiores empresas.

-- 25 países em nosso estudo, incluindo China, Brasil, Alemanha e EUA, ainda mantêm grandes empresas sem mulheres nos conselhos.

-- Oito dos 18 países com em média três ou mais mulheres em seus conselhos têm cotas ou regulamentos que exigem a contratação de mulheres. A Suíça é o país mais recente a adicionar uma cota.

Agora é essencial que os conselhos expandam o valor da diversidade além do gênero ou de um grupo étnico:

-- Como o foco agora, de modo apropriado, busca se expandir para a diversidade étnica e racial, nos EUA, por exemplo, os diretores negros compõem apenas 4,1% de todos os diretores no índice Russell 3000.

-- No Reino Unido, o Parker Review Committee, um grupo executivo sem fins lucrativos, estabeleceu uma meta para que as empresas FTSE 100 tivessem ao menos um diretor corporativo não branco até 2021 e que a FTSE 250 fizesse o mesmo até 2024. Desde o princípio de 2020, 37% das empresas da FTSE 100, que relataram resultados, não tinham tal representação em seus conselhos, e apenas 54% das empresas da FTSE 250 haviam alcançado esta meta.

-- Em 70 países, ser abertamente LGBTQ + continua ilegal. Mesmo nos EUA, onde muitas proteções foram implementadas para pessoas LGBTQ+, apenas 24 dos mais de 5.000 assentos de conselhos no índice Fortune 500 são abertamente LGBTQ+, segundo a Out Leadership. Deste ínfimo número, apenas duas são pessoas de cor e zero são mulheres de cor.

A mudança positiva requer que mulheres e outros candidatos sub-representados atuem como líderes, não apenas participantes, em conselhos. Representantes do sexo feminino têm um efeito multiplicador com a capacidade de ajudar diversos candidatos a ter êxito e impulsionar a diversidade por meio de suas próprias redes:

-- As mulheres agora compõem 27,3% de todos os líderes de comitês de conselhos a nível mundial, contra 25,5% em 2018.

-- Entretanto, as mulheres compreendem apenas 2,1% de todos os assentos de conselhos, contra 1,5% em 2018.

-- Em todo o mundo, as novas designações para conselhos representaram 13,5% de todas funções em conselhos em 2020, contra 11,4% em 2018. Deste número, 30% eram mulheres, contra 27% em 2018. Na realidade, isto significa que apenas 4% de todos os diretores são mulheres recentes em conselhos, um acréscimo de apenas 0,9% quanto a 2018.

Plano de Ação

A Egon Zehnder acredita que há diversas ações a longo e curto prazo a serem tomadas para fazer diferença com sucesso em termos de diversidade:

-- Mudança de campeão desde a posição superior - em vez de envergonhar os executivos, é importante transformar a crítica em uma oportunidade de aprender novos comportamentos.

-- Inclusão é importante - a diversidade promove a troca, mesmo em desacordo e assim estimula novas maneiras de pensamento.

-- Poder através dos números - as vozes das minorias não são ouvidas quando uma maioria dominante permanece.

-- Opção por potencial - curiosidade, empenho, percepção e determinação são as principais marcas de liderança.

-- Expansão da rede - veja além das conexões restritas e expanda intencionalmente as redes para incluir pessoas que trazem diferentes perspectivas e experiências.

-- Construa uma linha de informação aos outros - mantenha o diretor executivo responsável pelos compromissos de diversidade a fim de garantir a sustentabilidade das intenções.

-- Pegue a onda - aproveite a conversa atual para aprender a partir de novas perspectivas.

Você pode ver todas as conclusões e recomendações do relatório, criar um relatório personalizado com base em uma variedade de métricas - incluindo setor e país - e visualizar os estudos de caso em vídeo em www.egonzehnder.com/global-board-diversity-tracker

Citações

O relatório inclui perspectivas em profundidade de muitos executivos.

As principais citações de executivos no relatório incluem:

"Você precisa ser um representante das comunidades em que atua. A trágica morte de George Floyd realmente acendeu uma centelha para uma maior igualdade racial." - Kathleen Taylor, Presidente do Royal Bank of Canada

"Penso que precisamos reconhecer que a conversa que estamos tendo hoje deveria ter ocorrido há 20, 30, 40 anos. É uma pena que não tenha havido na época, mas agora temos a oportunidade de direcionar as mudanças necessárias daqui para frente. Temos a obrigação de criar um mundo melhor para nossos empregados, nossas empresas, nossos filhos." - Enrique Lores, Diretor Executivo da HP Inc.

"Quando as pessoas vêm trabalhar, precisam sentir que têm uma chance de progredir. Se não se veem na gerência média e alta de uma empresa, e se não veem isto no conselho, elas lutam para se sentirem pertencentes." - Jim Fitterling, Diretor Executivo e Presidente da Dow Inc.

"Quando você é chamado para atuar em um conselho, como um latino ou latina, é por uma razão. Ajude-os a entender o mercado. Ajude-os a compreender o poder e o potencial. Ajude-os a pensar sobre como desenvolver produtos para o mercado que falem de um modo autêntico e relevante à nossa comunidade." - Monica Lozano, Diretora de Metas no Bank of America

"Sempre senti que tinha o privilégio de liderar pessoas, que parte do desafio era criar condições a que todos pudessem contribuir com o melhor de suas capacidades. É muito difícil otimizar as contribuições para um negócio se não conseguimos trabalhar plenamente." - Robert Hanson, Vice-Presidente Executivo e Presidente da Divisão de Vinhos e Bebidas Alcóolicas na Constellation Brands

"Não estaríamos aptos... em três a quatro anos a deixar de ser uma empresa brasileira, com uma marca e um mercado, para se tornar uma organização mundial, multimarcas e multicanais, se não fosse por uma forte convicção de que tínhamos necessidade de trazer diferentes competências e capacidades e ser mais diversificados e inclusivos em nossa abordagem." - Roberto Marques, Presidente e Diretor Executivo da Natura & Co.

"O que a diversidade promove é o desacordo. Quando tomamos uma decisão nos negócios, a pior coisa e a maior perda de tempo é se nos sentamos à mesa e todos concordam. Quando penso em mais mulheres em um conselho, provocando tal discussão e rompendo esta coesão social, passa a ser algo muito importante." - Nadia Shouraboura, Diretora de X5, Blue Yonder, Ferguson plc no MTS Group

NOTAS AOS EDITORES:

Sobre a Egon Zehnder

Egon Zehnder é a destacada empresa de consultoria de liderança no mundo, compartilhando uma meta: ajudar pessoas e organizações a se transformar. Sabemos o que grandes líderes podem fazer e somos apaixonados por oferecer as melhores soluções a nossos clientes.

Nossos mais de 500 consultores em 68 escritórios e 40 países formam uma equipe poderosa com cooperação. Nossos serviços incluem: desenvolvimento de liderança, eficácia individual, de equipe e organizacional, busca e sucessão de diretores executivos, busca e avaliação de executivos, consultoria para conselhos e transformação cultural.

Para obter mais informação, acesse http://www.egonzehnder.com e siga-nos no LinkedIn e Twitter.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20201207005182/pt/

Contato

Jennifer Reingold Diretora Mundial de Conteúdo Jennifer.reingold@egonzehnder.com Tel. +1 646 337 5566

Stacy Drumtra Co-Líder Mundial de Marketing Diretora de Marketing e Comunicações nos EUA stacy.drumtra@egonzehnder.com Tel. +1 312-260-8974

© 2020 Business Wire, Inc. Aviso: Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.