O caso de um homem de 41 anos, da província de Jiangsu, ao leste da China, foi reportado como o sendo o primeiro caso humano de infecção com a variante H10N3 da gripe das aves, informou a Comissão Nacional de Saúde da China nesta terça-feira.

O paciente, que foi hospitalizado no dia 28 de abril após desenvolver febre e outros sintomas, foi diagnosticado com o vírus H10N3 da gripe aviária um mês depois, informou o NHC em comunicado, citado pela Associated Press. Não foi informado, no entanto, detalhes sobre como ele contraiu a infecção, porém ele já se encontra estável.

Nenhum outro caso humano de infecção com a variante H10N3 foi relatado, garante a comissão. "Trata-se de uma transmissão acidental entre espécies" e o "risco de transmissão em grande escala é baixo".

Existem muitas variantes diferentes de gripe das aves na China e algumas infectam pessoas esporadicamente, geralmente trabalhadores que lidam com aves. Mas não há um número significativo de infecções em humanos desde que a variante H7N9 matou cerca de 300 pessoas entre 2016-2017.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.