Power, uma enérgica defensora da diplomacia humanitária que ocupou altos cargos no governo do ex-presidente Barack Obama, visitará Honduras, El Salvador e Guatemala de 13 a 17 de junho, onde se reunirá com autoridades, membros da sociedade civil e líderes empresariais.

Em sua viagem, Power buscará "avançar nos esforços da USAID para ajudar a abordar os desafios de governabilidade, econômicos e de segurança que estão impulsionando os centro-americanos a migrar para o norte", segundo um comunicado.

A vice-presidente Kamala Harris também visitou a região em sua primeira viagem internacional, com paradas na Guatemala e México de 6 a 8 de junho, e o chefe do Departamento de Segurança Interna (DHS), Alejandro Mayorkas, viajará para o México na próxima semana.

Power, ex-embaixadora nas Nações Unidas, planeja pronunciar um discurso sobre democracia e enfatizar o compromisso dos Estados Unidos contra a corrupção, à qual o governo de Biden atribui grande parte das condições que motivam a migração irregular na fronteira sul.

Sua agenda inclui encontros com jovens e grupos marginalizados, assim como visitas aos programas de agricultura e crescimento econômico da USAID.

Visitará também as pessoas afetadas pelos furacões Eta e Iota, que devastaram particularmente Honduras em novembro, e os prejudicados por uma grave seca na região que afetou especialmente a Guatemala.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.