No estádio Beira-Rio, Richarlison abriu o placar no minuto 65, após receber passe de Neymar. E coube ao camisa 10 fazer o segundo dos donos da casa, em pênalti marcado com a ajuda do árbitro de vídeo, ao confirmar falta de Preciado em Gabriel Jesus.

O jogador do Paris Saint-Germain foi para a cobrança mas o goleiro Domínguez se adiantou e defendeu. O juiz ordenou nova batida e o atacante converteu (90+4).

Com este resultado, a Seleção Brasileira segue invicta e líder do torneio continental classificatório para o Mundial do Catar, com 15 pontos, quatro a mais que a segunda colocada Argentina. Já os equatorianos estão na terceira posição, com 9 unidades, seguidos pelo Paraguai (4º, com 7) e Uruguai (5º, com 7, mas com saldo de gols inferior).

Na próxima terça-feira, o Brasil vai a Assunção enfrentar os paraguaios, enquanto a equipe equatoriana recebe a seleção do Peru, em Quito.

A quinta e a sexta rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas, que deveriam ter sido disputadas em março passado, foram adiadas por conta da pandemia de covid-19 e as novas datas ainda não foram definidas.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.