"Vamos seguir a ciência e as recomendações dos especialistas para manter as pessoas seguras", disse Biden a repórteres.

"Portanto, é altamente improvável que haja um milhão de pessoas no passeio", declarou. "Meu palpite é que provavelmente não haverá um desfile inaugural gigantesco na Avenida Pensilvânia."

"Meu palpite é que haverá uma cerimônia em um palanque, mas não sei como tudo vai funcionar", afirmou.

Presidentes recentes fizeram o juramento em uma cerimônia ao ar livre no Capitólio dos Estados Unidos com a presença do antecessor, mas o presidente Donald Trump não quis se comprometer a comparecer ao evento e segue se recusando a admitir a derrota nas eleições.

Biden, de 78 anos, deve tomar posse como 46º presidente dos Estados Unidos em 20 de janeiro de 2021.

Ele disse que espera que a posse seja "algo mais próximo do que foi a convenção (democrata) do que uma posse típica". A convenção do Partido Democrata foi majoritariamente virtual, devido à covid-19.

"Acredito que vocês verão muitas atividades virtuais em estados de toda a América envolvendo ainda mais pessoas do que antes", especulou Biden.

"As pessoas querem celebrar", disse ele. "As pessoas querem poder dizer que passamos o bastão, estamos seguindo em frente, a democracia está funcionando."

Biden disse que tinha certeza de uma coisa: "em meu discurso inaugural, vou pedir às pessoas que se comprometam por 100 dias a usar máscara".

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.