"Chega como reforço Mario Balotelli, que assinou contrato até 30 de junho de 2021", disse em comunicado o time da periferia de Milão que, tendo acabado de ser promovido à Serie B, já planeja atuar na elite do futebol italiano na próxima temporada.

O clube confirma, assim, o que havia sido anunciado no sábado passado por Adriano Galliani, braço direito de Silvio Berlusconi em Monza, repetindo a parceria que tantas glórias deu ao Milan de meados dos anos 1980 a 2017.

O ex-atacante de Manchester City, Liverpool, Milan e Nice, de 30 anos, entre outros, foi submetido a exames médicos nesta segunda-feira, embora precise de várias semanas de trabalho físico antes de disputar seus primeiros jogos com sua nova equipe.

Mario Balotelli (36 jogos e 14 gols pela seleção italiana) jogou na última temporada pelo Brescia, e não conseguiu evitar o rebaixamento para a Serie B.

O treinador italiano Roberto Mancini lamentou em outubro que Balotelli não tenha conseguido encontrar um clube no 'mercato', pois ele poderia ter sido "muito útil" para a 'Nazionale' no período que antecede a Eurocopa.

O Monza foi adquirido em setembro de 2018 - por três milhões de euros - por Berlusconi, ex-proprietário do AC Milan.

O ex-primeiro-ministro e empresário italiano vendeu o Milan em abril de 2017 por 740 milhões de euros (US$ 896 milhões).

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.