O Melgar chegou a esta etapa do torneio continental depois de eliminar o boliviano Nacional de Potosí em uma dramática disputa de pênaltis em fevereiro. Na partida de ida, os peruanos venceram por 2 a 0 em Potosí, mas em Arequipa foi derrotado pelo mesmo placar, o que levou à disputa de pênaltis.

Já o Bahia passou pelo paraguaio Nacional sem contratempos com placar agregado de 6 a 1, após vencer por 3 a 1 em Assunção e 3 a 0 em Salvador.

O time de Arequipa, comandado por Marco Valencia, tentará conseguir um bom resultado no Estádio Nacional de Lima, que ficará sem torcedores como parte das medidas de segurança para combater a propagação do coronavírus.

Acostumado a jogar em sua arena em Arequipa, a mais de 2.300 metros acima do nível do mar, o time local sempre contou com este fator como aliado.

Após a recente derrota por 3 a 1 para o Cusco FC pelo campeonato local, o Melgar aposta nos atacantes Irven Ávila e Jhonny Vidales para romper a defesa do Tricolor de Aço.

- Em boa fase -

Dirigida pelo experiente Mano Menezes, o clube baiano busca a vitória fora de casa para continuar sua boa sequência na competição sul-americana.

A equipe brasileira chegou em Lima na quarta-feira, onde a partida será disputada na quinta, às 19h30, horário local (21h30 pelo horário de Brasília), tendo com árbitro o colombiano Carlos Betancur.

Em 2014, o Bahia chegou às oitavas de final da Sul-Americana onde foi eliminada pelo peruano César Vallejo.

A partida de volta será no dia 5 de novembro, em Salvador.

Escalaçõess prováveis:

Melgar: Carlos Cáceda - Eduardo Rabanal, Hernán Pellerano, Alec Deneumostier, Paolo Reyna - Pablo Míguez, Edson Aubert, Joel Amoroso, Irven Ávila, Jhonny Vidales - Othoniel Arce. T: Marco Valencia.

Bahia: Anderson - Joao Pedro, Lucas Fonseca, Juninho, Juninho Capixaba - Elber, Flavio, Rossi, Gregore Silva - Clayson y Gilberto. T: Mano Menezes.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.