A recomendação foi divulgada no mesmo dia que o governo do persidente Emmanuel Macron deve anunciar novas medidas sanitárias para lutar contra o avanço da pandemia.

A França vive uma quinta onda de covid-19, segundo o governo.

As autoridades de saúde recomendavam há menos de uma semana a dose de reforço para pessoas com mais de 40 anos, seis meses após a segunda dose.

Com a intensificação da epidemia, o governo decidiu reforçar as medidas.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.