O bombardeio ocorreu pouco depois das 23h30 locais, perto da antiga cidade de Palmira, e teve como alvos uma torre de comunicação e posições ao seu redor, segundo a agência estatal Sana.

O OSDH informou que o ataque teve como alvos posições iranianas, entre elas a torre próxima à base aérea T4, ao oeste daquela cidade.

Em um primeiro momento, a ONG informou que um soldado sírio e três combatentes pró-Irã morreram no ataque e que sete pessoas ficaram feridas, entre elas três soldados sírios.

Desde o início da guerra civil de 2011 na Síria, Israel executou ataques aéreos dentro daquele país, a maioria contra tropas do governo, mas também contra as forças iranianas e libanesas aliadas de Damasco.

O exército israelense raramente reconhece esse tipo de ação individual, mas em diversas ocasiões repetiu que não deixará que a Síria se torne um reduto do Irã, seu grande inimigo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.