O novo acordo, que manterá Davis na franquia de Los Angeles até 2025, é anunciado um dia depois de ter sido relatado que LeBron James, outro astro da equipe da Califórnia, também prorrogará seu vínculo até 2023.

No caso de Davis, ele terá uma opção de saída em 2024, informou o agente do jogador, Rich Paul, à ESPN e ao Los Angeles Times, acrescentando que a renovação pode ser assinada ainda nesta quinta.

O pivô de 27 anos é atualmente um agente livre depois de desistir de sua opção de renovar com o Lakers por uma única temporada por 28,7 milhões de dólares.

A intenção de Davis era assinar um contrato de longo prazo com o time de Los Angeles, assim como LeBron James, com quem formou uma dupla devastadora na temporada passada que deu o título da NBA ao Lakers após um jejum de 10 anos.

De acordo com a ESPN, Davis ganhará 32,74 milhões de dólares na temporada 2020-21, 35,36 milhões em 2021-22, 37,98 milhões em 2022-23, 40,60 milhões em 2023-2024 e, se optar por continuar, 43,21 milhões em 2024-25.

Eleito sete vezes para o All-Star Game (Jogo das Estrelas), Davis teve média de 26,1 pontos, 9,3 rebotes e 2,3 bloqueios por jogo na última temporada, sendo escolhido ao lado de James para integrar o time dos melhores jogadores de 2019-2020.

Sua permanência deixa os Lakers como os grandes favoritos para conquistar novamente o título do campeonato de basquete americano com um elenco reforçado com as contratações de Montrezl Harrell (ex-Los Angeles Clippers e eleito o Melhor Sexto Homem da temporada passada), o alemão Dennis Schröder (ex-Oklahoma City Thunder) e o espanhol Marc Gasol (ex-Toronto Raptors).

Davis chegou à franquia de Los Angeles em junho de 2019 numa troca em que o Lakers enviou para o New Orleans Pelicans Brandon Ingram, Lonzo Ball, Josh Hart e várias escolhas de primeira rodada do Draft.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.