"Como medida de reciprocidade, a Autoridade federal de aviação não dará permissões de voo às companhias aéreas russas enquanto as autorizações continuarem pendentes do lado russo", explicou o comunicado.

Por causa da política de Moscou, dois voos da Lufthansa tiveram que ser cancelados, explicou o ministério no comunicado.

Questionada pela AFP, a Lufthansa disse que espera que "os outros voos com passageiros em direção à Rússia previstos para junho sejam rapidamente autorizados".

Na semana passada, dois voos da Air France e um da companhia austríaca Austrian Airlines, filial da Lufthansa, foram anulados devido à falta de sinal verde da Rússia, que se negou a acordar uma nova rota aérea solicitada pelas companhias para evitar o espaço aéreo bielorrusso.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.