Campeões da Libertadores são destaque nesta semana no início das quartas de final da edição de 2020, enquanto também é aguardado o resultado das oitavas de final entre Boca Juniors e Internacional de Porto Alegre.

O argentino River Plate, finalista no ano passado e campeão do torneio em 1986, 1996, 2015 e 2018, e o Nacional do Uruguai, campeão em 1971, 1980 e 1988, vão disputar uma vaga nas semifinais, duelo que envolve os sentimentos do técnico do River, Marcelo Gallardo.

Foi exatamente no Nacional que 'el Muñeco' encerrou sua carreira como jogador em junho de 2011 e, dias após a aposentadoria, iniciou sua trajetoria como técnico por uma temporada, vencendo o Campeonato Uruguaio 2011-2012.

"Minha primeira experiência como treinador, no Uruguai e no Nacional, foi um curso acelerado do que viria depois no futebol", lembrou Gallardo recentemente, sem imaginar que o time uruguaio cruzaria seu caminho como adversário.

O River, que eliminou há pouco o Athletico Paranaense (1-1 e 1-0), recebe na quinta-feira o Nacional, que por meio de pênaltis (4-2) deixou para trás o Independiente del Valle após dois empates em 0-0.

- Pesos pesados brasileiros -

O outro duelo de campeões será o que os brasileiros Grêmio e Santos farao em Porto Alegre a partir de quarta-feira.

O tricolor gaúcho, campeão em 1983, 1995 e 2017, e o 'Peixe', também tricampeão (1962, 1963 e 2011), têm sido protagonistas importantes na Libertadores dos últimos anos e no Brasileirão conseguiram permanecer na disputa pelo título.

Embora o Grêmio não tenha tido problemas para chegar às quartas de final, já que se livrou facilmente do Guarani (vencendo duas vezes por 2-0), o Santos perdeu em casa para a LDU por 1 a 0, mas salvou a classificação com uma vitória por 2 a 1 no Equador.

"Os jogos da Libertadores não têm favoritos", avisou o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho. "Vai ser um grande confronto de 180 minutos entre dois grandes times do futebol brasileiro sérios candidatos a chegar à final", afirmou o treinador.

- Palmeiras enfrenta azarão Libertad -

O Palmeiras, assim como o Boca Juniors, são os únicos dois clubes que não conhecem derrota na atual edição da Libertadores. Além disso, o Verdão foi o melhor time da fase de grupos e na segunda rodada derrotou o modesto Delfín do Equador com o placar de 3 a 1 em Manta e 5 a 0 em São Paulo.

A dúvida agora é se o Libertad do Paraguai poderá acabar com essa ótima sequência.

Teoricamente parece uma tarefa difícil para o time paraguaio, que entrou nas oitavas de final no sufoco, sendo o último colocado na tabela dos 16 classificados com apenas duas vitórias e um empate em seis jogos.

Porém, os comandados de Gustavo Morínigo mostraram um futebol melhor nas oitavas de final, graças também ao fraco desempenho do boliviano Jorge Wilstermann como adversário (3-1, 2-0).

"Não ignoramos o Palmeiras como um forte adversário candidato ao título. Mas vamos lutar até o último minuto para chegar às semifinais", afirmou o treinador do clube paraguaio.

- Boca ou Inter -

Abalado pela morte do ídolo do futebol mundial Diego Armando Maradona no dia 25 de novembro, quando estava marcada a primeira partida em Porto Alegre, o confronto das oitavas-de-final entre Boca Juniors e Internacional teve seu primeiro jogo na quinta-feira e se encerra nesta quarta-feira em Buenos Aires.

O Boca, que busca seu sétimo título para igualar o Independiente de Avellaneda como o maior vencedor da Libertadores, venceu por 1 a 0 na ida com gol de Carlos Tevez, uma vitória que serviu de tributo ao 'D10S' que tinha um forte vínculo com o time 'xeneize'.

O vencedor do duelo vai enfrentar o Racing Club, carrasco do atual campeão Flamengo, a quem eliminou nos pênaltis (5-3) no Rio de Janeiro após dois empates em 1 a 1.

-- Programação dos jogos de ida das quartas de final da Copa Libertadores 2020 previstos para esta semana

- Terça-feira:

Em Assunção: Libertad (PAR) - Palmeiras (BRA)

- Quarta-feira:

Em Porto Alegre: Grêmio (BRA) - Santos (BRA)

- Quinta-feira:

Em Buenos Aires: River Plate (ARG) - Nacional (URU)

-- Duelo das oitavas de final Boca Juniors-Internacional de Porto Alegre (entre parênteses, o resultado na ida)

- Quarta-feira:

Em Buenos Aires: Boca Juniors (ARG) - Internacional (BRA) (1-0)

Obs.:As partidas de volta das quartas de final serão disputada entre os dias 15 e 23 deste mês. A final do torneio, em jogo único, está marcada para o dia 30 de janeiro de 2021 no Rio de Janeiro.

O campeão da Libertadores disputará o Mundial de Clubes da Fifa, marcado para fevereiro de 2021, no Catar, e a Recopa Sul-Americana de 2021, contra o campeão da Copa Sul-Americana de 2020.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.